Tom Hanks é o eleito para receber o prémio de carreira em cinema na próxima cerimónia dos prémios americanos Globos de Ouro, um dos mais importantes do "circuito" a caminho dos Óscares.

No comunicado da organização esta terça-feira, é explicado que o galardão, que tem o nome do realizador Cecil B. deMille, é atribuído anualmente a quem tenha "dado uma contribuição duradoira à indústria cinematográfica".

Os últimas homenageados foram Jeff Bridges, Oprah Winfrey, Meryl Streep, Denzel Washington e George Clooney.

Na cerimónia, que se realiza mais cedo do que é habitual, logo a 5 de janeiro, é provável que também esteja entre os nomeados para os prémios competitivos pela interpretação de Mister Rogers, um lendário apresentador de programas infantis da televisão americana, em "A Beautiful Day in the Neighborhood" (estreia prevista em Portugal para 6 de fevereiro).

Com 63 anos, Tom Hanks foi nomeado nove vezes para Globos e ganhou quatro, por "Big" (1988), "Filadélfia" (1993), "Forrest Gump" (1994) e "O Náufrago" (2000).

Juntamente com Spencer Tracy, também recebeu Óscares consecutivos como Melhor Ator, por "Filadélfia" e "Forrest Gump".

Foi ainda nomeado por "Big", "O Resgate do Soldado Ryan" (1998) e "O Náufrago".

Para surpresa dos analistas, falhou a nomeação para as estatuetas com "Caminho Para Perdição" (2002), "Capitão Phillips" (2013), "Ao Encontro de Mr. Banks" (2013), "A Ponte dos Espiões" (2015), "Milagre no Rio Hudson" (2016) e "The Post" (2017).

As nomeações de cinema e televisão para a 77ª edição dos Globos de Ouro serão anunciadas a 9 de dezembro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.