Timothée Chalamet vai ser o jovem Bob Dylan no cinema.

O filme não tem título oficial, mas circula em Hollywood com o título "Going Electric", numa referência ao momento em que, aclamado como uma sensação da música folk aos 19 anos, Bob Dylan fez uma muito controversa transição para o rock ‘n’ roll durante o Newport Folk Festival, a 25 de julho de 1965.

O projeto tem a benção do lendário artista (e Nobel da Literatura), que está a colaborar ativamente com o estúdio Fox Searchlight e James Mangold, o realizador de "Le Mans '66: O Duelo" e também do aclamado "Walk the Line" (2005), sobre as vidas de Johnny Cash e June Carter.

Segundo o Deadline, Timothée Chalame está em negociações, mas já se comprometeu com o projeto há algum tempo e está a aprender a tocar guitarra.

Desde a revelação e a nomeação aos Óscares por "Chama-me Pelo Teu Nome" (2017), o ator de 24 anos entrou em "Beautiful Boy", "Um Dia de Chuva em Nova Iorque", "The King" e a nova versão de "Mulherzinhas", num reencontro com a realizadora Greta Gerwig e a atriz Saoirse Ronan após "Lady Bird".

Estará ainda na muitoa aguardada nova versão do clássico de ficção científica "Dune", realizada por Denis Villenueve, com estreia marcada para o fim do ano.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.