Harry Styles está a filmar o épico de guerra "Dunkirk" às ordens do realizador Christopher Nolan... e a perder muito dinheiro.

De acordo com o contrato obtido pela revista OK!, o vocalista dos One Direction aceitou ganhar "apenas" 60 mil dólares pelo filme, o que não chega a 54 mil euros. O que engloba três meses de trabalho e ainda a participação posterior nas atividades promocionais.

Com a música já ganhou, aos 22 anos, 23 milhões de dólares, cerca de 20,3 milhões de euros.

O valor simbólico justifica-se pelo interesse do britânico em participar num "filme de prestígio e com um realizador importante", o que é o caso de Nolan, responsável pela trilogia "O Cavaleiro das Trevas" e ainda "A Origem" e "Interstellar".

Pressionado há muito tempo para fazer a estreia no cinema, Styles teve de fazer outro sacrifício em nome da Sétima Arte que está a dar que falar: cortar o cabelo.

"Dunkirk" aborda a batalha que teve lugar em 1940 naquela cidade no norte da França, em Nord-Pas-de-Calais, a dez quilómetros da fronteira com a Bélgica, e a operação que permitiu evacuar sob bombardeamento permanente mais de 330 mil soldados franceses e britânicos encurralados pelas tropas alemães.

Um quase estreante, Fionn Whitehead, é o protagonista num elenco composto maioritariamente por desconhecidos, mas que tem o apoio de veteranos como Mark Rylance, Kenneth Branagh, Tom Hardy e Cillian Murphy.

A estreia está marcada para 21 de julho de 2017.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.