Reabilitado por Hollywood após vários problemas pessoais com o sucesso de "O Herói de Hacksaw Ridge", Mel Gibson continua entre as princiais opções para os grandes estúdios.

O ator e realizador foi escolhido para fazer uma nova versão de "A Quadrilha Selvagem" (1969), avançou o Deadline.

"The Wild Bunch no original" foi um dos filmes que mudaram o cinema no fim da década de 60, constituindo um momento de viragem decisivo nos códigos que limitavam a representação da violência.

Um dos melhores filmes da década, o "western" de Sam Peckinpan é um clássico do cinema sobre uma quadrilha de veteranos fora-da-lei a tentar dar um último grande golpe no Texas em 1913, quando o que restava do Velho Oeste está a desaparecer para dar lugar aos avanços da Revolução Industrial.

O célebre elenco juntava veteranos do cinema como Wiliam Holden, Ernest Borgnine, Robert Ryan, Edmond O’Brien, Warren Oates e Ben Johnson.

O estúdio Warner Bros tentou fazer várias vezes uma nova versão, que agora fica nas mãos de Gibson como realizador e argumentista, ele que se distinguiu como um dos melhores a retratar ação e violência no Óscar de Melhor Filme "Braveheart" e ainda "A Paixão de Cristo", "Apocalypto" e "O Herói de Hacksaw Ridge".

Antes de avançar com o projeto, deverá realizar "Destroyer", um drama da Segunda Guerra Mundial com Mark Wahlberg, cuja rodagem começa na primavera na Austrália.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.