A 18.ª Kino - Mostra de Cinema de Expressão Alemã, que decorreu no final de janeiro, estava prevista para acontecer no cinema São Jorge, em Lisboa, e na plataforma de streaming Filmin, mas a organização optou por transitar toda a programação para o ‘online’, face às medidas de confinamento para conter a propagação da COVID-19.

Este festival atribui apenas o prémio de público, este ano com votação online, tendo os espectadores elegido "Rival", que conta a história de um rapaz que parte da Ucrânia para encontrar a mãe que trabalha ilegalmente na Alemanha como governanta e enfermeira.

"Rival" é a segunda longa-metragem de ficção de Marcus Lenz, cujo percurso no cinema passou pela produção portuguesa, já que assinou a direção de fotografia dos filmes "Respirar (debaixo d'água)" (2000) e "Esquece tudo o que te disse" (2001), de António Ferreira.

O prémio do público da Kino, no valor de 800 euros, foi criado em 2019 e reconhece primeiras e segundas longas-metragens de expressão alemã.

A mostra Kino apresenta anualmente uma seleção de longas-metragens provenientes da Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo, grande parte das quais exibidas em festivais internacionais.

A abertura da mostra deu-se com "Berlin Alexanderplatz", do realizador Burhan Qurbani, protagonizado pelo ator luso-guineense Welket Bungué.

A Kino - Mostra de Cinema de Expressão Alemã é uma iniciativa do Instituto Goethe em Portugal.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.