A seguir nem sempre é pior: apesar de ser habitual dizer que as sequelas são sempre piores do que o primeiro filme, existem exceções que valem mesmo a pena.

Este tema antigo que sempre gera discussões entre os cinéfilos regressou este domingo graças a James Gunn, o realizador dos filmes "Guardiões da Galáxia".

Entre segundos filmes e até trilogias, o que se seguiu e expandiu acaba para ser uma gigantesca lista de sugestões para ver ou rever em tempos de quarentena.

Para James Gunn ainda são várias as sequelas melhores do que o filme original: "Toy Story 2", "O Padrinho, Parte II", "Homem-Aranha 2", "Polícia sem Lei" (o filme de Werner Herzog com Nicolas Cage que sucede a outro, com o mesmo título em Portugal, de Abel Ferrara com Harvey Keitel), "A Morte Chega de Madrugada" (mais conhecido por "Evil Dead 2", continuação de "A Noite dos Mortos-Vivos"), "O Cavaleiro das Trevas" (sequela de "Batman - O Início"), "A Noiva de Frankenstein" (continuação de "Frankenstein, o homem que criou o monstro"), "Hellboy II - O Exército Dourado", "Mad Max 2: O Guerreiro da Estrada", "Por Mais Alguns Dólares", "Paddington 2", "X-Men 2", "O Império Contra-Ataca" ("Star Wars").

Seguiu-se uma segunda lista, em que defendeu não merecer "discussão" que "Alien - O 8.º Passageiro" e "Aliens: O Recontro Final" são "equiparáveis" e coloca um filme do Universo Cinematográfico Marvel: "Star Trek II: A Ira de Khan", "Superman - A Aventura Continua", "Batman Regressa", "Gremlins 2: A Nova Geração", "Blade II", "Drunken Master II" (com Jackie Chan), "Blade Runner 2049", "Harry - O Detective em Acção" (continuação do primeiro "Dirty Harry", que se chamou "A Fúria da Razão" em Portugal), "O Último Destino 2", "Capitão América: O Soldado do Inverno" e "Swordsman II" (com Jet Li).

Finalmente, James Gunn acha que a lista merece a presença de "Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento".

O realizador pediu aos seguidores para acrescentarem outras sequelas e muitos recordaram "Regresso ao Futuro II", mas a sugestão foi rejeitada: "Nem fica perto. O original é um dos melhores filmes pop alguma vez feitos. Já agora, toda esta conversa das sequelas começou quando o @rejectedjokes disse que 'Regresso ao Futuro 3' era melhor do que 'Regresso ao Futuro 2'. Também não é verdade".

Uma nova frente de debate abriu quando o ator Ben Schwartz ("Parks and Recreation") comentou que preferia o primeiro "Regresso ao Futuro", a seguir o terceiro e, por fim, o segundo. Ou seja, "1,3,2". E pediu outros exemplos em que isso acontecia nas trilogias.

Após indicar que considerava esta frente "o maior erro que alguém fez no Twitter", James Gunn deu como exemplos de "1,3,2" as sagas "Homem de Ferro," e "American Pie".

Nas trilogias, acrescentou que as sagas "Bourne" (James Gunn parece preferir "ignorar" que existe um quarto filme, "Jason Bourne") e "Thor" são exemplos de "3,1,2" ou seja, o terceiro é o melhor de todos.

Por agora, a discussão fica em pausa após o realizador e argumentista Leigh Whannell ("Saw", "Insidious", "O Homem Invisível") comentar que nunca reage "emocionalmente às listas de melhores porque é tudo subjetivo e divertido... mas o meu corpo revirou-se com uma raiva comparável à de Conan quando disseste que o 'Exterminador Implacável 2' é melhor do que o primeiro".

Resposta de James Gunn: "Os meus amigos cineastas nunca faram de forma exagerada (P.S.: discutir sobre filmes não é muito mais divertido do que sobre política?)"

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.