"Star Wars: Episódio IX - A Ascensão de Skywalker" voltou a confirmar o grande fracasso que a saga é na China, que deverá tornar-se o maior mercado de cinema do mundo em 2020.

Com o equivalente a dois milhões de dólares e já em menos de 3% do total de salas no gigante asiático, as receitas das bilheteiras do segundo fim de semana de exibição indicam que ficará entre os piores resultados de todos os títulos feitos pela Disney desde 2015.

"A Ascensão de Skywalker" apenas conseguiu 17,6 milhões e não deverá subir muito mais: segundo a Variety, a plataforma de venda de bilhetes online Maoyan baixou as previsões para um total de 19,7 milhões.

O resultado indica que a saga vai de mal a pior nas bilheteiras: "O Despertar da Força" arrecadou 126 milhões em 2015 e "Rogue One" (o primeiro filme fora das trilogias) ainda chegou aos 69,4 milhões um ano mais tarde, mas "Os Últimos Jedi", com 42,6 milhões, foi um desastre tão grande que se tornou notícia ter sido retirado das salas após duas semanas em dezembro de 2017. E "Han Solo" desapareceu sem glória com 16,4 milhões no verão de 2018.

Com 97,6 milhões, o líder das bilheteiras chinesas continua a ser o novo capítulo de uma famosa saga histórica das artes marciais, "Ip Man 4: The Finale", que estreou ao mesmo tempo de "A Ascensão de Skywalker".

A estrela principal é Donnie Yen, o popular ator do cinema de Hong Kong que entrou em "Rogue One" e avançou numa entrevista em 2018 com uma justificação para o desencanto chinês com as histórias na galáxia muito distante.

"Os espectadores chineses não cresceram com a cultura 'Star Wars', portanto infelizmente não funcionou", explicou, referindo-se à trilogia original (1977-1983) não ter sido vista nos cinemas e a segunda (1999-2005) ter chegado quando o mercado ainda não tinha grande dimensão.

"A Marvel é muito mais fácil de perceber. No caso de 'Star Wars', existe toda uma cultura disponível. Marvel, do guarda-roupa à música, aos ídolos, às estrelas, é muito mais fácil fechar a lacuna entre o filme e o público", garantiu.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.