A cantora Neuza, com o álbum "Flor di Bila", é a artista cabo-verdiana com maior número de nomeações para "Cabo Verde Music Awards" (CVMA), cuja gala terá transmissão televisiva em direto, bem como na internet, e decorre nas instalações da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC), estando já tudo a postos.

A gala realiza-se no Dia Internacional da Mulher, facto que levou a promotora GMS Entertainment, do músico Gilyto, organizadora do evento, a garantir que vai ser uma representante do sexo feminino a receber o Prémio Carreira, sucedendo a Cesária Évora (2011), Bana (2012) e Zeca di Nha Reinalda (2013).

Das 21 categorias, 17 são escolhidas pelo júri, presidido pela cantora cabo-verdiana Tété Alhinho, três são decididas pelo público e pelo júri - "Melhor DJ", "Melhor Banda ao Vivo" e "Melhor Artista em Palco" (cuja votação já terminou) - e uma totalmente pelo público - "Melhor Música do Ano" -, cuja votação "online" e "sms" termina no último intervalo da gala. Esta última categoria tem como finalistas Neuza, em dueto com Michel Montron (com "Trabessado"), Nelson Freitas ("Bo Tem Mel"), e Ló ("Sem Futuro").

Neuza, com o seu primeiro trabalho, "Flor di Bila", tem seis nomeações, entre elas a de Melhor Voz Feminina e Música do Ano, à frente de Dino d'Santiago e Nélson Freitas (quatro), Tó Alves e Ló (três), e Ceuzany, Sara Alhinho, Grave Évora, Zé Luís, Toy Vieira e Gaita Ferro (duas).

Os nomeados para a Melhor Voz Masculina são Dino d'Santiago (com a música "Eva"), Ló ("Luz di nha Vida") e Tó Alves ("Benson"), enquanto as para a Melhor Voz Feminina recaem sobre Neuza ("Flor di Bila"), Ceuzany ("Nha Vida") e Sara Alhinho ("Mosaico").

Em concurso estão 21 categorias: Funaná, Batuku/Kola Sanjon, Cabo Zouk/Cabo Love, Morna, Coladera, Rap/Hip Hop, Reggae/R&B/House, Música do Ano, Voz Masculina, Voz Feminina, Artista Revelação, Artista em Palco, Banda ao Vivo, Álbum Eletrónico, Álbum Acústico, Videoclip, Produtor Musical, Instrumentista, Compositor, DJ e Animador de Rádio.

Um galardão extra competição é o Prémio Ação Social, já atribuído ao cantor Batchart, artista que, no entender da organização, mais contribuiu para o combate à pobreza em 2013.

Metade das receitas de bilheteira será destinada a uma instituição de solidariedade social cabo-verdiana ligada à igualdade do género.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.