O concerto divide-se em duas partes, “Luz” e “Anunciação”. Na primeira, "Luz", serão interpretadas, entre outras, as peças “Da pacem Domine”, de Alfredo Teixeira, o hino gregoriano “Aurea luce”, “Svyati, ‘O Holy One’”, de John Tavener, e “Lux Aurumquae”, de Eric Whitacre. Da segunda parte fazem parte, entre outras, “Da pacem Domine”, de Arvo Pärt, e “Quem vidistis pastores”, de Eurico Carrapatoso.

No sábado, às 16:00, no mosteiro de Santos-o-Novo, na calçada Cruz da Pedra, na zona oriental da capital, realiza-se um recital de piano por Sofia Lourenço, com comentários de Tiago da Hora.

O recital, intitulado “Música Portuguesa para piano dos séculos XIX e XX”, inclui peças de José Vianna da Motta, José Daddi, Alfredo Keil, Arthur Napoleão e Francisco Xavier Migoni.

No domingo, às 16:00, realiza-se o primeiro concerto no convento de S. Pedro d’Alcântara, ao Bairro Alto, protagonizado pelo ensemble Bonne Corde, sob a direção de Diana Vinagre.

Intitulado “Os baixos sumptuosos”, este concerto apresenta peças de música sacra da Capela Patriarcal, dos inícios do século XIX, e inclui, entre outras, a Fuga em dó menor para órgão solo, do napolitano Leonardo Leo, “Qui Tollis da Messa a Quatro Voci”, de Antonio de Pádua Puzzi, os Responsórios de Quinta-feira Santa - Verso do 4.º Responsório, de Ignácio António Ferreira de Lima, e “Qui sedes", da Missa em Si bemol, de António da Silva Gomes e Oliveira.

A 26.ª Temporada Música em S. Roque demonstra “um acrescido apoio à difusão da música portuguesa, antiga e recente”, disse à Lusa o seu diretor artístico, o maestro Filipe Carvalheiro.

A temporada é constituída por 12 concertos, que se distribuem pela igreja de S. Roque e respetivo Museu, o convento de S. Pedro d’Alcântara e o mosteiro de Santos-o-Novo, onde “serão apresentadas obras de um período vasto, que se estende do Canto Gregoriano à música de compositores do nosso tempo”, disse o maestro.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.