De acordo com a cantora, o registo irá chamar-se “Honeymoon”, estando nove canções do seu alinhamento já compostas.

O sucessor de “Ultraviolence”, editado no ano passado, será mais parecido com o seu disco de 2012, “Born to Die”, segundo Lana Del Rey explicou à Billboard: “É muito diferente do último e semelhante aos dois primeiros, ‘Born to Die’ e ‘Paradise’. Está a transformar-se em algo de que realmente gosto. Estou, de certa forma, a gostar de me afundar neste sentimento mais noirish, desta vez. Tem sido bom”.

Lana Del Rey adiantou ainda que do alinhamento do disco fará parte uma versão do original de Nina Simone, Don’t Let Me Be Misunderstood. “Gosto de resumir o disco com uma canção jazz. Estou a divertir-me com a minha interpretação”, contou.

Do álbum fará também parte um tema intitulado Music to Watch Boys To, conforme confirmou recentemente, em entrevista ao LA Times.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.