Pedro Jóia estreou-se recentemente como produtor discográfico, tendo assinado a produção do terceiro álbum da fadista Cristina Nóbrega, "Um fado para Fred Astaire", editado em março passado.

Fazendo parte do grupo de músicos que acompanha Mariza, Jóia desenvolve um projeto musical com o fadista Ricardo Ribeiro, que já apresentou em Nova Iorque.

Segundo a produtora do músico, do alinhamento do recital em Coimbra fazem parte, entre outros, os temas, “Dança Palaciana”, de Carlos Paredes, “Variações sobre fado menor”, do próprio Jóia, e “Vivências Imaginadas”, de Vicente Amigo.

Pedro Jóia, atuou em março passado no Palau de la Musica, em Barcelona, e tem cinco discos editados: “Guadiano” (1996), “Sueste” (1999), “Variações sobre Paredes” (2001) “Jacarandá” (2003), disco em que reuniu artistas brasileiros como Ney Matogrosso, Elba Ramalho, Daniela Mercury, Zeca Baleiro e Zélia Duncan, entre outros, e “À espera de Armandinho”, editado em 2007, que lhe valeu o Prémio Carlos Paredes.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.