Apesar de ter desiludido muitos fãs do grupo, o cantor está convicto de que tomou a decisão certa.

“Sinto que desiludi os fãs, mas não posso fazer mais isto. É louco, selvagem e um pouco doido, mas, simultaneamente, nunca senti tanto controlo sobre a minha vida”, revelou, em entrevista ao The Sun.

“E sinto que estou a fazer o que está correto – correto para mim e correto para os rapazes, por isso sinto-me bem”, acrescentou, continuando: “Vocês sabem, tentei fazer algo que não era feliz a fazer durante um tempo, em prol, talvez, da felicidade de outras pessoas. Dos fãs, principalmente. Tentei fazê-lo apenas pelos fãs, foi sempre por eles”.

Malik concluiu: “Só estou chateado porque sinto que os desiludi, de alguma forma. Não é que lhes tenha virado as costas ou algo assim, é que já não consigo fazer mais aquilo porque não é real para mim”.

Zayne assegurou, contudo, que os One Direction vão continuar como quarteto, pelo menos durante um tempo: “Eles continuam a querer fazê-lo durante mais um tempo, por isso vão continuar a fazer o que querem e eu acho que vão fazê-lo bem durante um tempo”.

Entretanto, o Spotify revelou um aumento de 1900% nos streams das canções dos One Direction na plataforma, após o anúncio da saída de Malik, tendência que descreveu como um “pico de tristeza”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.