Marisa Piló faz parte de um conjunto de 60 artistas selecionados entre 360 candidatos ao programa de residências artísticas daquele que é considerado um dos maiores museus norte-americanos de arte contemporânea.

A proposta de Marisa Piló, para as três semanas de residência consiste no desenvolvimento de "trabalhos de desenho e pintura que se repetem no mesmo 'frame', e que exploram o conceito de identidade, sobre nós próprios e de como nos veem”, lê-se na imprensa da ESAD.CR.

Natural da Nazaré, Marisa é licenciada e mestre em Artes Plásticas pela ESAD.CR, e diplomada em Estudos de Arte Contemporânea e Curadoria pela Universidade de Lisboa. Trabalha em particular escultura, fotografia e ilustração.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.