O Festival do Pão, que decorre no Jardim do Cerco, junto ao Palácio Nacional de Mafra, distrito de Lisboa, começa com os concertos da Orquestra Ligeira do Exército Olé, no dia 06, e de João Pedro Pais, no dia 07.

Mia Rose é esperada no dia 08, seguindo-se 4Revival (11), JAM (12), Big Band (13) e The Lucky Duckies (14).

O festival encerra no dia 14 com Carminho.

Do cartaz fazem ainda parte o Festival de Música Jovem (09) e a eleição da Miss Concelho (10).

Com o evento, o município pretende promover o pão saloio produzido no concelho e distribuído para todo o país, e divulgar as potencialidades turísticas, económicas e culturais locais.

O 8.º Festival do Pão conta ainda com tasquinhas, atuação de ranchos folclóricos, mostra e venda de pão e de doçaria regional, jogos tradicionais, feira saloia, exposição de veículos e alfaias agrícolas, gala equestre, campeonato nacional universitário de equitação e atividades para crianças.

O festival e todos os concertos têm entrada gratuita.

A produção e a venda do pão de Mafra remontam à Idade Média, mas foi no pós-25 de Abril, com as greves de padeiros, que ganharam visibilidade, face à consequente escassez de pão em Lisboa.

A atividade doméstica e artesanal transformou-se em empresarial e mecanizada, mas manteve-se fiel à origem o processo tradicional de produção, caracterizado pelo elevado tempo de amassadura, tempo de fermentação curto e reduzido teor de levedura.

Barril, Carvalhal e Encarnação são as localidades do concelho onde a atividade é mais relevante, produzindo e distribuindo o pão para todo o país.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.