Estreado em 2016, o bailado tem coreografia de Bruno Duarte e resulta do cruzamento de universos pessoais dos artistas da Companhia de Dança de Almada com elementos da população local que, através de laboratórios itinerantes, fizeram parte do processo de criação deste objeto artístico.

A peça funciona assim como "um percurso pela micro geografia emocional do abraço, um elemento universal de união, concílio, partilha e emoção", segundo a sua apresentação.

O espetáculo de estreia em Almada, agora disponibilizado online, contou com a participação de alunos da Associação Solidariedade e Desenvolvimento do Laranjeiro (ASDL) e da escola da Companhia de Dança de Almada.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.