Fonte da DGLAB explicou à agência Lusa que o montante a alocar para cada um destes apoios dependerá do número de candidaturas.

O prazo de candidatura aos programas estende-se até 24 de julho.

De acordo com dados da direção-geral, em 2019 foi apoiada a edição de 52 obras de ilustração e BD, em 22 países, com um total de 77.650 mil euros atribuídos.

No ano passado, o programa de apoio à edição no Brasil – que é destinado apenas a editores brasileiros - suportou a edição de 41 obras literárias portuguesas, com um total de 73.525 euros.

Segundo a DGLAB, estes programas estiveram suspensos durante meio ano por causa de procedimentos decorrentes da parceria estabelecida há um ano entre a DGLAB e o Camões Instituto, para a criação de um só programa "coeso e estruturado" de apoio à tradução e à edição de literatura em língua portuguesa.

Apesar do protocolo, os dois programas de apoio à edição de autores portugueses no Brasil e de obras de ilustração e BD no estrangeiro ficam sob alçada daquela direção-geral.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.