A Câmara Municipal da Guarda refere em comunicado enviado à agência Lusa que o evento cultural, que representa o regresso da programação do Teatro Municipal da Guarda (TMG), após a pandemia causada pela COVID-19, inclui a realização de concertos sempre às 18h30.

Segundo a nota, o Festival Guarda In Jazz & Blues faz a fusão de duas iniciativas do TMG: o Ciclo Guarda in Jazz e o Festival de Blues da Guarda.

Os dois eventos musicais realizam-se este ano juntos "devido às contingências da pandemia COVID-19, que fez o TMG reformular e reagendar toda a sua programação", justifica a autarquia.

O cartaz do festival, que junta as duas linguagens musicais num só evento, inclui oito concertos "em que o jazz e os blues surgem intercalados", entre 1 e 11 de julho, sempre de quarta-feira a sábado.

Segundo a nota, no programa dedicado ao jazz atuam TGB (no dia 1 de julho), Maria João - Ogre (dia 3), João Barradas Trio (dia 08) e The Postcard Brass Band (dia 10).

O cartaz de blues inclui concertos de Túlio Augusto (dia 02), Peter Storm & The Blues Society (dia 4), Dog's Bollocks (dia 9) e Serushiô (dia 11).

O município assegura que nos concertos o TMG "garante o respeito por todas as normas de segurança, higiene e distanciamento social exigidas pela Direção-Geral da Saúde".

"Por isso mesmo, a ‘lotação' está definida para um máximo de 50 pessoas e os bilhetes, que são gratuitos, são de levantamento obrigatório no próprio local, diariamente", conclui.

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 443 mil mortos e infetou mais de 8,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.