Jorge Palma recebeu a distinção, entregue pelo presidente da Câmara Municipal, Fernando Medina, no final de um concerto, intitulado "70 voltas ao sol", para assinalar os 70 anos de vida do músico português, cumpridos em junho passado.

Na assistência estiveram alguns convidados, entre os quais o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que no final subiu ao palco para dizer que, atribuída esta distinção pela autarquia, "a seguir vai ser a homenagem nacional".

"Há de ser no Palácio de Belém, de dia", disse Marcelo de Rebelo de Sousa.

No concerto de sábado, Jorge Palma esteve acompanhado de um ensemble clássico, dirigido pelo maestro Cesário Costa, com as canções do repertório a levarem novos arranjos assinados pelos pianistas Filipe Raposo e Filipe Melo.

Com escassa assistência ao vivo, por causa das restrições de segurança decorrentes da COVID-19, o concerto foi transmitido na Internet, em várias redes sociais.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.