“Dois anos após a última edição, o Musicbox recupera o Lisboa Capital República Popular para celebrar o 25 de Abril. Nesta edição adaptada ao contexto atual e por ele inspirada, homenageia-se José Mário Branco e promovem-se utopias na distopia”, refere aquela sala num comunicado hoje divulgado.

A iniciativa Lisboa Capital República Popular surgiu em 2009, “com o objetivo de assinalar o aniversário da Revolução dos Cravos e os seus valores”. Em cada edição, “na forma de festival e jornal, músicos, escritores, artistas visuais, jornalistas, 'performers' e outros são desafiados a intervir sobre os temas da liberdade, democracia, solidariedade e igualdade”.

Este ano, “o pregão Lisboa Capital República Popular sai à rua de maneira diferente”. No sábado, 25 de Abril, serão divulgadas, ao longo do dia, nas contas do Musicbox nas redes sociais, revisitações das canções de José Mário Branco por Fado Bicha, Lavoisier, Luís Severo, Marinho, Mr. Gallini e Selma Uamusse.

As ideias de José Mário Branco, “tanto inquietas quanto esperançosas, [também] foram o mote para o jornalista Gonçalo Frota, o A&R e especialista em música Rui Portulez, a poeta Inês Francisco Jacob, os ilustradores Mantraste e Aline Lemos, o projeto Pop’lar e Alexandre Cortez, José Anjos, Luís Bastos e Paula Cortes, do grupo Lisbon Poetry Orchestra, imaginarem utopias na distopia e darem-lhes corpo através da prosa, da poesia e da ilustração”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.