O TV Fest, festival de música criado pelo  Ministério da Cultura, arranca esta quinta-feira, dia 9 de abril, mas há cada vez mais pessoas a exigirem o cancelamento da iniciativa. Esta quarta-feira, foi lançada uma petição online que critica o formato e o processo de selecção dos músicos que vão atuar no projeto.

Em menos de 24 horas, 15 mil e 500 pessoas subscreveram a petição. "A realização do TV Fest, no presente estado de emergência, constitui uma ameaça ao ecossistema cultural português que elimina curadores, diretores artísticos, músicos, técnicos e os demais, operando através de um jogo em corrente exclusivo, e de círculo fechado, aos seus participantes artísticos, que desclassifica a participação, representatividade e diversidade de um sector, constituindo uma medida antidemocrática e não inclusiva", frisa a nota que acompanha a petição "Pelo cancelamento imediato do festival TV Fest".

Os subscritores pedem "o cancelamento imediato do TV Fest, e o cancelamento de qualquer medida que fomente disparidades, competição e desigualdade no acesso": "A classe artística necessita de um reforço claro e objetivo à linha de apoio a artistas e entidades, de um mecanismo que reforce a sua proteção social perante o estado e legisle a sua contribuição à sociedade através do reconhecimento do seu estatuto de intermitência".

Polémica: vários músicos pedem cancelamento do festival de música do Ministério da Cultura. Petição online soma mais de seis mil assinaturas
Polémica: vários músicos pedem cancelamento do festival de música do Ministério da Cultura. Petição online soma mais de seis mil assinaturas
Ver artigo

O manifeste pede ainda "imparcialidade, justiça e transparência absoluta sobre todos os critérios de atribuição e distribuição de oportunidades e fundos públicos, assim como a "inclusão, atenção e cuidado e a procura de uma resposta comprometida com a realidade dos agentes culturais do país que trabalham diariamente pela cultura portuguesa".

Nas redes sociais, vários músicos também se mostraram contra o TV Fest. Luís Severo, Salvador Sobral, André Tentugal (We Trust) e Ana Miró (Sequin) foram alguns dos artistas que assinaram a petição.

Esta semana, o Ministério da Cultura português anunciou um festival de música para apoiar o setor. O TV Fest arranca esta quinta-feira, 8 de abril, às 22h00, e concertos poderão ser vistos na RTP Play ou no canal 444 (disponível em todos os operadores de televisão por cabo). "Todos os dias, à noite, haverá quatro novos artistas. O festival começa na quinta-feira e convidamos o Júlio Isidro para ser aquele que inaugura o festival", contou Graça Fonseca, ministra da Cultura, à RTP1.

Ricardo Ribeiro, Fernando Tordo, Mariza Liz e Rita Guerra são os primeiros artistas a atuar no TV Fest. O festival deverá decorrer durante um mês e a programação será escolhida pelos artistas que atuarem. Para a iniciativa, o ministério da Cultura disponibilizou um milhão de euros para pagar aos artistas e técnicos que vão participar na iniciativa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.