Christopher Tolkien morreu no hospital Dracénie em Draguignan, departamento de Var, onde estava internado, segundo o jornal regional Var Matin.

Nascido a 21 de novembro de 1924 em Leeds, Reino Unido, este universitário erudito trabalhou incansavelmente, após a morte do seu pai em 1973, nos manuscritos deixados por Tolkien e publicou inúmeros textos inéditos.

O seu trabalho de transmissão da obra de John Ronald Reuel Tolkien - um dos mais célebres representantes da 'fantasia' anglo-saxã, amante da mitologia alemã e das sagas dos vikings - foi acompanhado por várias gerações de leitores.

"Milhões de pessoas no mundo agradecerão sempre a Christopher por nos ter dado 'Silmarillion', 'Os Filhos de Húrin' e 'História da Terra Média", uma série de livros que compilou e estudou, disse Shaun Gunner, presidente da Fundação Tolkien. "Perdemos um titã", lamentou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.