Edmond Baudoin, 78 anos, é “incontestavelmente, um dos grandes mestres da banda desenhada contemporânea francesa, sendo mesmo uma força precursora da emergência da autobiografia nesta disciplina no final dos anos 1980”, afirma a Tinta nos Nervos.

A exposição, intitulada “Uma linha, um horizonte; o corpo, um rio”, deveria ter inaugurado em março, mas foi adiada por causa da COVID-19. Ficará agora patente até 5 de setembro.

De acordo com a Tinta nos Nervos, a exposição reúne originais em tinta-da-china sobre papel provenientes de projetos feitos entre 2018 e 2019, nomeadamente “Humains, la Roya est un fleuve”, feito em colaboração com Jean-Marc Troub, sobre migrantes e refugiados.

Baudoin estará no sábado na Tinta nos Nervos, em Lisboa, para um debate e visita guiada virtual, que a galeria transmitirá no Facebook em data a anunciar.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.