Uma entrevista de David Lynch ao The Guardian deu que falar por causa do seu ponto de vista sobre o atual presidente dos EUA.

Nela, o criador de "Twin Peaks" dizia que Donald Trump "pode vir a ser um dos maiores presidentes da história dos EUA porque perturbou tanto o sistema. Ninguém é capaz de combater este tipo de forma inteligente".

Realizador David Lynch acha que Trump "pode ser um dos maiores presidentes de sempre"
Realizador David Lynch acha que Trump "pode ser um dos maiores presidentes de sempre"
Ver artigo

O elogio era, no entanto, "envenenado": o realizador não acha que o atual inquilino da Casa Branca esteja a desempenhar um bom papel, mas acredita que outras pessoas vindas de fora consigam fazer melhor porque a sua ascensão colocou a nu os falhanços do sistema e dos políticos.

"Os nossos supostos líderes não conseguem levar o país para a frente, não conseguem fazer nada. São como crianças. Trump revelou tudo isto", acrescentou o realizador de clássicos como "No Céu Tudo É Perfeito", "O Homem Elefante", "Veludo Azul", "Um Coração Selvagem", "Estrada Perdida", "Uma História Simples", "Mulholland Drive" e "Inland Empire".

Esta subtileza foi ignorada por Trump, que deu destaque a David Lynch nas redes sociais, abstendo-se, ao contrário do que é habitual, a fazer outros comentários.

A reação às palavras do realizador ficaram reservadas para um comício com apoiantes em West Columbia mais tarde na segunda-feira.

"A sua carreira em Hollywood chegou oficialmente ao fim", brincou o presidente.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.