Até agora, a família real britânica nunca comentou diretamente a forma como a sua história é contada em "The Crown". Mas de acordo com a Forbes, a quarta temporada da série da Netflix tem irritado a coroa britânica - várias fontes do palácio têm deixado escapar alguns dos comentários.

"Os amigos do príncipe Carlos lançaram um ataque violento a 'The Crown', acusando os produtores do drama de sucesso da Netflix de brincar com o orçamento de Hollywood", escreveu o The The Mail on Sunday.

O artigo do jornal, que se tornou viral no Reino Unido, cita fontes próximas da família real, que sublinham que o drama só tem "fins comerciais", não tendo em "conta as pessoas envolvidas" e que têm visto as suas "vidas sequestradas e exploradas".

Segundo a Forbes, os informadores citados pelo The The Mail on Sunday são "alguns dos confidentes mais próximos do príncipe Carlos e acusam a Netflix de explorar a dor da família real para conquistar lucro, apresentando a ficção como factos numa versão distorcida dos acontecimentos".

"O público não deve enganar-se e pensar que é um retrato fiel do que realmente aconteceu", frisaram as fontes da família real.

Já de acordo com o The Express, o príncipe William, o duque de Cambridge, também "não está muito satisfeito" com a quarta temporada de "The Crown". "Ele sente que os seus pais estão a ser explorados e apresentados de uma forma falsa e simplista", revela o jornal inglês.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.