"Príncipes do Nada", da RTP1, dedica a nova temporada aos refugiados. Nos episódios, Catarina Furtado vai dar a conhecer "a realidade de quem tenta recomeçar do zero, sem nada". As histórias "de quem vive em condições indignas, o seu passado e os desejos para o futuro", começam a ser reveladas no dia 9 de junho, às 21h00.

No primeiro episódio da nova temporada, Catarina Furtado visita o Campo de Moria, o maior campo de refugiados da Europa onde atualmente está interdita a entrada de jornalistas. "Fica localizado na ilha grega de Lesbos e acolhe 22 mil refugiados, tendo sido construído apenas para 3 mil. Acompanhamos o trabalho da voluntária portuguesa Fabiana Faria na ONG Fenix, bem como os projetos das ONG Médicos Sem Fronteiras e Movement on the Ground, que combatem as condições desumanas que têm levado cada vez mais crianças a tentar o suicídio", avança a RTP1.

De seguida "viajamos até ao Campo Kutupalong, considerado o maior do mundo, no Bangladesh, onde o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) apoia jovens mães rohingyas (população muçulmana que está a sofrer um verdadeiro genocídio por parte do exército do país onde nasceu, Myanmar, maioritariamente budista)". "É o caso de Parvir, que sofreu um casamento precoce e enfrenta agora uma gravidez adolescente. Vamos conhecer a sua história", explica o canal.

Veja as primeira imagens da nova temporada

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.