As curtas-metragens de coprodução portuguesa “Agouro”, de David Doutel e Vasco Sá, e “Ride”, de Paul Bush, estarão em competição na edição deste ano do Festival de Cinema de Animação de Annecy, em França, marcada para junho.

“Agouro” e “Ride” figuram numa lista de 46 curtas-metragens em competição, divulgada no ‘site’ oficial do festival.

A organização já divulgou uma lista de 130 filmes, de vários países, selecionados para serem exibidos na edição deste ano, sendo os restantes anunciados no final deste mês e no final de abril.

“Agouro”, dos portugueses David Doutel e Vasco Sá, é uma coprodução entre Bando à Parte, de Portugal, e a Zero de Counduite Productions, de França.

O filme passa-se num “inverno rigoroso”, que “congela a superfície de um rio junto à casa onde vivem dois primos”. “Envolta no vento gelado que se levanta naquele dia, a rudeza da relação entre os dois cresce, atingindo o limite”, lê-se no texto de apresentação do filme.

David Doutel e Vasco Sá já tinham partilhado a realização nas curtas “Fuligem”, de 2014, premiado no Curtas de Vila do Conde e no Cinanima, e “O sapateiro”, de 2012. Ambos foram exibidos em vários festivais, em Portugal e no estrangeiro.

Já “Ride”, do britânico Paul Bush, é uma coprodução da Ancient Mariner Productions (Reino Unido) e da Cíclope Filmes (Portugal).

Em “Ride”, “centenas de motas são animadas imagem por imagem” numa “homenagem ao icónico ‘design’ das motas da cultura dos anos 1950 e 1960”. No filme, “um motoqueiro prepara a sua mota e parte numa idealizada viagem pelo campo rumo ao futuro”.

A 42.ª edição do festival, reconhecido como o mais importante certame do cinema de animação, decorre de 11 a 16 de junho.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.