Annette Bening foi escolhida para ser presidente do júri da 74ª edição do Festival de Veneza.

A atriz de filmes como "Anatomia do Golpe", "Beleza Americana" e "Os Miúdos Estão Bem" é a primeira mulher a estar nessa posição desde Catherine Deneuve em 2006, um tempo excessivo, como reconheceu o diretor do festival Alberto Barbera.

"Já era altura de quebrar uma longa lista de presidentes masculinos e convidar uma mulher brilhantemente talentosa e inspiradora para liderar o nosso júri internacional da competição", afirmou esta quarta-feira.

"Estou muito feliz por  Annette Bening ter aceite este papel, que irá desempenhar com o virtuosismo do seu estatuto, do seu intelecto e dos talentos que mostrou ao longo da sua carreira em Hollywood, Europa e no teatro. A sua carreira é marcada por escolhas sempre interessantes e muitas vezes ousadas. Uma atriz instintiva e sofisticada, capaz de desempenhar facetas complexas da personalidade, Annette Bening traz aos seus papéis uma elegância natural, calorosa e minimalista que faz o visionamento dos seus filmes ser uma experiência maravilhosa e sempre enriquecedora", acrescentou  Barbera.

No mesmo comunicado, a atriz, nomeada por quatro vezes para os Óscares, mostrou-se honrada pelo convite.

"Estou ansiosa por ver os filmes e trabalhar com os meus colegas de júri para celebrar o melhor deste ano de cinema de todo o mundo", declarou.

O festival decorre entre 30 de agosto e 9 de setembro.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.