"Joker" continua a ser a escolha preferida dos espectadores portugueses: desde 3 de outubro que o filme com Joaquin Phoenix deixa a grande distância outras estreias, nomeadamente de títulos mediáticos como "Maléfica", "Projeto Gemini", "Zombieland: Tiro Duplo", "Exterminador Implacável - Destino Sombrio" e "Doutor Sono".

Ao quinto fim de semana de exibição (31 de outubro a 3 de novembro), foram mais 76.962 espectadores que encheram às salas, subindo até em relação ao mesmo período na semana anterior (73.456).

Agora com 720.938 espectadores em 32 dias, "Joker" ultrapassou "Vingadores: Endgame" (670.413) e tornou-se o segundo filme mais visto de 2019, atrás da nova versão de "O Rei Leão" (1.276.974).

Tanto o grande sucesso da Disney e ainda "Mínimos" (2015), "Mamma Mia!" (2008) ou "Velocidade Furiosa 7" (2015) tiveram melhores estreias ou acumulavam mais espectadores à quinta semana, com base nas informações do ICA - Instituto de Cinema e Audiovisual, que disponibiliza os números de bilheteira nas salas portuguesas desde 2004.

Mas nenhum desses títulos, que reuniam grande expectativa mediática, era visto por mais de 75 mil espectadores ao quinto fim de semana: "Joker" está a distinguir-se por ultrapassar as expectativas e pelas poucas oscilações no número de espectadores ao longo das semanas desde os 149.394 que o viram nos primeiros quatro dias de estreia.

De facto, a comparação mais próxima em Portugal desde 2004 é "Avatar" (2009), visto por 756.753 espectadores em 32 dias e 80.787 no quinto fim de semana, entre 14 a 17 de janeiro de 2010.

O filme de James Cameron dominaria ainda durante várias semanas e chegaria aos 1.202.356 espectadores, liderando a lista dos mais vistos até "O Rei Leão".

Para o fenómeno de "Joker" está a contribuir o boca a boca entre espectadores e o facto de não ser já apenas um sucesso comercial: tal como aconteceu noutros países, a história sobre como a rejeição contribuiu para transformar um comediante falhado no famoso vilão da DC Comics tem servido de pretexto para debates sobre a realidade social, económica e psicológica.

Realizado, co-escrito e produzido por Todd Phillips, “Joker” foi considerado uma aposta arriscada do estúdio Warner Bros, que apenas investiu cerca de 55 milhões, mas já arrecadou 934 milhões de dólares, valor tanto mais impressionante porque não está prevista a estreia na China.

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.