Michael B. Jordan vai interpretar um agente da CIA e a ambição em Hollywood é grande: a Variety avança que o acordo será já para dois filmes baseados em obras do importante escritor Tom Clancy.

O ator será John Clark, um antigo fuzileiro que se torna agente da CIA e aparece em 17 livros.

Inicialmente a personagem era um elemento secundário que ajudava o analista Jack Ryan na parte mais "física das missões", mas isso mudou com "Without Remorse", que contava a história de como foi parar à CIA e que será a primeira adaptação ao cinema.

O segundo filme será a adaptação de "Rainbow Six", centrado na equipa que lidera na missão para proteger o mundo das maiores ameaças terroristas.

Em grande procura após a marcante participação como vilão em "Black Panther" e ainda à frente da saga "Creed", cujo segundo filme chega em novembro, a Paramount conseguiu convencer Michael B. Jordan com este pacote em que também estará envolvido como produtor.

A sua escolha representa também um sinal de diversidade em Hollywood: a personagem foi interpretada por Willem Dafoe na adaptação ao cinema de "Perigo Imediato" (1994), o segundo filme com Harrison Ford como Jack Ryan, bem como Liev Schreiber em "A Soma de Todos os Medos", onde Ben Affleck era Ryan.

Além disso, há vários anos que o estúdio tentava avançar com os projetos, que chegaram a interessar a Ryan Reynolds.

Atualmente existe um interesse renovado em Tom Clancy (falecido em 2013) graças ao sucesso da série "Jack Ryan" com John Krasinski, uma produção da Paramount TV com a Amazon.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.