Há muito a circular por Hollywood, uma nova versão do clássico filme "Scarface", escrita pelos irmãos Coen e ambientada em Los Angeles, avança com um novo diretor no estúdio da Universal Pictures, confirmou a imprensa especializada americana.

O filme será dirigido pelo nomeado aos Óscares Luca Guadagnino ("Chama-me Pelo Teu Nome", "Suspiria") e será a terceira versão no grande ecrã da sangrenta história do submundo dos imigrantes.

O filme original de 1932, dirigido por Howard Hawks - baseado num romance parcialmente inspirado na vida de Al Capone - retratava a máfia italiana em Chicago.

A trama passou para Miami na versão de culto feita por Brian De Palma, em 1983 ("Scarface - A Força do Poder" em Portugal), que tinha Al Pacino como o implacável cubano Tony Montana, que construia um império da cocaína.

Scarface (1983)

O novo filme pretende reinventar "a principal história dos imigrantes" contada nos filmes de 1932 e 1983.

Ao adaptar a história mais uma vez, Joel e Ethan Coen ("Fargo") seguiram os passos de Oliver Stone, aclamado pelo seu argumento ultraviolento para a segunda versão - que incluía a clássica frase dita por Pacino: "Say hello to my little friend."

Os irmãos Coen, várias vezes vencedores dos Óscares, escreveram a versão mais recente do argumento, com base em rascunhos anteriores do projeto de longa data.

O italiano Guadagnino também está a trabalhar na sequela de "Chama-Me Pelo Teu Nome" e numa nova adaptação de "O Senhor das Moscas".

Nenhuma data de lançamento ou elenco foram anunciados para o novo "Scarface". Atualmente, toda a produção em Hollywood permanece paralisada devido à pandemia da COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.