William Burke e William Hare são dois irlandeses a viverem na cidade escocesa de Edinburgo no século XIX, cujo negócio é o de fornecer cadáveres para uma escola de medicina. A história é verídica e decorreu entre Novembro de 1827 e Outubro de 1828, período em que a dupla assassinou pelo menos 17 vítimas, que vendeu a Robert Knox, professor de anatomia que as utilizava como material de dissecação.

«Burke & Hare» é o mais recente filme de
John Landis e marca o regresso do realizador ao cinema após 12 anos de ausência. Apesar do sucesso do cineasta nos anos 80, com filmes como
«O Lobisomem Americano em Londres»,
«Os Ricos e os Pobres»,
«O Príncipe em Nova Iorque» e o «videoclip» de «Thriller», Landis teve vários «flops» nos anos 90, incluindo
«Os Estúpidos»,
«Blues Brothers 2000» e
«Susan's Plan», o seu último filme, de 1998.

O realizador, que entretanto esteve envolvido em séries de televisão e documentários, rodou «Burke & Hare» no estúdio britânico Ealing e a estreia internacional está agendada já para final de Outubro.

Além de
Simon Pegg e
Andy Serkis, como Burke e Hare, o elenco integra ainda
Isla Fischer,
Tom Wilkinson,
Hugh Bonneville,
Tim Curry e
Christopher Lee.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.