A chegada de Jeremy Renner ao Festival de Cinema de Karlovy Vary, na República Checa, na quinta-feira ao fim da tarde revelou uma inesperada novidade: ele sofreu um acidente na rodagem da sequela de "Avengers: Infinity War".

Na conferência de imprensa que se realizou esta sexta-feira, o ator revelou que "partiu os dois braços" durante uma cena de ação de "Avengers: Infinity War", esclarecendo que fraturou o cotovelo direito e o pulso esquerdo.

Desvalorizou o episódio como "ossos do ofício" e não espera que prejudique o seu trabalho.

"Sou uma espécie de solucionador de problemas. Haverá um efeito, mas não me vai impedir de fazer as coisas que preciso de fazer. Irei curar-me depressa. Estou a fazer tudo o que posso para me curar mais depressa", esclareceu o intérprete do Gavião na saga dos super-heróis da Marvel.

De facto, isso vai ser necessário: a rodagem começou em janeiro e termina este mês, mas segue-se logo a seguir a de uma nova sequela, ainda sem título, que se prolonga até ao fim do ano e marcará de despedida de vários atores das suas personagens.

O primeiro filme, que chega aos cinemas em maio de 2018, é uma sequela direta de "Vingadores: A Era de Ultron" (2015) mas retoma os acontecimentos a seguir a "Capitão América: Guerra Civil" (2016).

Jeremy Renner fez ainda uma revelação inesperada.

"Estou a fazer um trabalho que não está a precisar de muitas cenas de ação: não é um filme de ação, é uma comédia — só que tem algumas cenas de ação. Portanto, não tenho de bater em muitas pessoas ou fazer algo maluco. Por isso não vai realmente prejudicar o meu trabalho... afeta como me visto de manhã. Não posso atar os meus sapatos, mas tirando isso o resto posso ir fazendo mais ou menos", explicou.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.