Angel Olsen apresenta-se pela primeira vez a solo, em Portugal, quatro anos depois de ter atuado no Teatro Maria Matos, em Lisboa, integrada na banda que acompanhou Bonnie “Prince” Billy, destaca o comunicado da Galeria Zé dos Bois (ZDB).

A cantora norte-americana de folk e indie rock, que cresceu em St. Louis e entretanto se radicou na Carolina do Norte, vai apresentar sobretudo temas do seu mais recente trabalho discográfico, “Burn Your Fire For No Witness”, editado no ano passado.

Este álbum seguiu-se a "Strange Cacti" e "Half Way Home", publicados em 2011 e 2012, respetivamente, e às gravações que garantiram a revelação de Olsen, em 2009 e 2010, como "Summer bummer get laid get wasted", "Your train, my home", "Lady Of The waterpark" ou a versão inicial de "Strange Cacti".

A ZDB, que acolhe Angel Olsen em Lisboa, em setembro, anunciou igualmente concertos mais próximos, na sua sala, com Grouper, projeto a solo da norte-americana Liz Harris, a multi-instrumentista francesa Colleen e ainda com a dupla norte-americana Ken Vandermark & Fred Lonberg-Holm.

Liz Harris vai atuar no Teatro Maria Matos, no próximo domingo, num regresso a Portugal, depois da residência artística em Aljezur, promovida pela ZDB, em 2014, que levou à gravação do álbum “Ruins”.

“É por isso que este regresso ao Teatro Maria Matos é celebrado de modo especial, como um retorno a um lugar familiar, dando-nos um concerto raro, também ao piano, único e exclusivo na sua digressão”, lê-se no comunicado da ZDB.

O concerto da artista norte-americana já se encontra esgotado, adianta a galeria.

Na sexta-feira da próxima semana, 8 de maio, a francesa Colleen - pseudónimo da multi-instrumentalista e intérprete de viola da gamba Cecile Schott - apresenta na ZDB, em Lisboa, o seu último álbum ,“Captain Of None”, que ela mesma gravou, misturou e produziu.

A 12 de maio, o saxofonista norte-americano Ken Vandermark junta-se ao compatriota Fred Lonberg-Holm, violoncelista, num concerto de jazz e de improvisação livre, que a ZDB prevê como “um fervilhar de ideias e sons”.

Os nomes anunciados pela ZDB para os próximos meses incluem ainda os portugueses Gala Drop, a 18 de junho, com um novo guitarrista, "o talentoso Guilherme Canhão", segundo a galeria, e os nova-iorquinos Zs, a 9 de julho, trio do saxofonista Sam Hillmer, atualmente composto pelo guitarrista Patrick Higgins e pelo baterista Greg Fox (Liturgy e Guardian Alien).

Os norte-americanos Devendra Banhart e Andy Cabic (a 27 de maio, em Espinho, e a 29 de maio, na Sociedade de Geografia, em Lisboa) e o ex-Sonic Youth Thurston Moore, com Debbie Googe e James Sedwards, a 07 de junho, na ZDB, em Lisboa (um dia depois da atuação no Primavera Sound, no Porto), são outros protagonistas da programação galeria, previamente anunciados.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.