Agora que chegamos ao fim do XI Festival de Música Moderna Corroios'2006, é altura de balanço.

A Junta de Freguesia de Corroios considera que a edição de 2006 foi extremamente positiva, tendo o Festival dado passos significativos para a sua consolidação no panorama nacional da nova música portuguesa. A participação recorde de bandas a concurso (138) e a sua abrangência geográfica que (Açores, Faro, Alentejo, Coimbra, Porto, Guimarães, etc.) é revelador da dimensão nacional que este evento tem vindo a ganhar nos últimos anos.

Outro aspecto valorativo foi a alteração dos moldes do concurso através da realização das sessões por diferentes locais do Concelho e Freguesia, nomeadamente no Espaço Fora D´Horas na Mundete, no First Bar em Corroios e no Ritmus Bar em Vale de Milhaços, numa óptica de descentralização, em busca de novos públicos para a música moderna. O feedback correspondeu às expectativas e os concertos apresentaram excelentes molduras humanas.

Esta edição ficou igualmente marcada pelas inúmeras iniciativas paralelas aos concertos, que estiveram incluídas no Festival.

As workshops nas escolas e o Curso de Iniciação à Criatividade Musical, enquanto iniciativas de sensibilização junto dos mais jovens, procuraram fomentar o gosto pela música, incentivar a aprendizagem individual e desenvolver a capacidade de trabalho colectivo com outros músicos, em benefício de um projecto comum.

O debate organizado pela Associação Barulho – “Músico em Portugal”, promoveu a discussão e reflexão sobre as limitações à consolidação dos projectos musicais portugueses, bem como a procura de soluções para a nova música nacional. O importante painel de convidados, constituiu uma mais valia para o debate e Festival.

Outro evento não menos importante foi o primeiro concurso de fotografia do Festival. Os trabalhos que nos chegaram foram demonstrativos do sucesso que constituiu mais esta iniciativa. Atenção fotógrafos, o próximo ano terá importantes novidades.

Relativamente aos projectos seleccionados, a qualidade e equilíbrio foram as notas dominantes deste ano. Excepcionalmente a organização foi “ obrigada” a seleccionar um terceiro projecto para a grande final de 1 de Abril, após verificar o equilíbrio entre as três bandas mais votadas pelo júri e público no final das sessões.

Não poderíamos encerrar esta edição do Festival de Corroios, sem agradecer às diversas entidades que connosco colaboraram: à Câmara Municipal do Seixal e Estúdio Boom, que desde 1996 têm vindo a apoiar e colaborar com o evento, à Rádio Radar e FNAC Almada, enquanto parceiros privilegiados na promoção do Festival e dos projectos nele participantes, à EST do Politécnico de Setúbal, que se associou pela primeira vez este ano, à Associação de Músicos no Seixal – Barulho, que neste primeiro ano de colaboração, constituiu uma mais valia, aos bares por terem aceite o desafio, aos parceiros media Cotonete, Musica Total, Zingadin, A Garagem, Homestudio e Setúbal na Rede por toda a divulgação que fizeram do Festival, nos seus diferentes momentos. Uma nota mais, para o Blog A Trompa, o programa da Rádio Universitária de Coimbra Santos da Casa, o site CulturWeb, o Boletim Municipal, o Notícias do Seixal, o Jornal Sem Mais, a Rádio Seixal e a Rádio Universitária do Algarve, que desde o primeiro momento fizeram a cobertura do XI Festival de Corroios.

Com o fim dos concertos na FNAC Almada e actuação das bandas finalistas no Santiago Alquimista, encerra o principal momento da edição desde ano. No entanto, um outro trabalho não menos significativo tem início. A gravação do CD-EP dos New Connection, a actuação nas Festas Populares de Corroios e a promoção da banda e do álbum, que irá durar até ao arranque da edição de 2007.

Onze anos após a sua primeira edição (1996), a Junta de Freguesia de Corroios continuará com o trabalho junto da juventude, apoiando os novos valores da música portuguesa, convictos da importância que este evento tem para todos os que nele têm participado.

Corroios é outra Música!

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.