A Island Def Jam acaba de dispensar a conceituada cantora norte-americana Janet Jackson a pedido da própria artista. Esta dispensa surge após o fracasso no que diz respeito às vendas do seu último trabalho "Discipline".

Janet declarou, através de um representante, que esta decisão é favorável à sua carreira, afirmando que tomará agora uma rota mais "independente" após a anulação da "ligação laboral" que acontece após o lançamento de um único álbum.

Janet Jackson, que ainda recentemente era uma das peças centrais do catálogo da EMI, decidiu dar o salto para Island Def Jam da Universal há cerca de 14 meses, quando a EMI estava mais tremida. A Universal demonstrou também não ter muita paciência para artistas estabelecidos, que não conseguem apresentar resultados, especialmente para uma mulher de 42 anos com um nome de família manchado, que encontra "falhas" de vestuário em frente de milhões de pessoas.

Claro que Jackson já tinha vindo a público, criticar a falta de apoio na divulgação do álbum por parte da Island Def Jam, uma desculpa para um álbum sem inspiração, que falhou a captura da imaginação assim como das carteiras dos seus fãs.

Irá Janet Jacksonpassar a gerir a sua carreira de forma independente?

Visite: Página de Janet Jackson no Palco Principal

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.