Lançado na passada sexta-feira nas plataformas digitais, o terceiro álbum do trio de rock de Coimbra foi gravado em dois momentos distintos, com uma primeira parte no verão, nos Serra Vista Studios, em Monchique, com Boz Boorer, e uma segunda, nos Black Sheep Studios, em Sintra, no inverno, contou à agência Lusa o baterista e vocalista da banda, Carlos Mendes.

Esses dois momentos de gravação acabaram por ter influência nas músicas, que saíram com "temperaturas diferentes", notou.

No disco, participa ainda Raquel Ralha, em três temas, que entretanto saiu da banda.

Sem ceder a "tendências", o trio aposta no rock'n'roll "franco e espontâneo", que vai beber influências a todos os momentos da história do género musical, refere o grupo.

"Somos uma banda de rock'n'roll, mas quem sabe o futuro? Quando penso em abordagens diferentes, as escolhas têm de ser sempre a 100%. É preciso ser-se catedrático naquilo que se pretende fazer. Essas coisas de se ser muito eclético é como um jogador da Académica que jogava a várias posições e era mau em todas", vincou Carlos Mendes.

Segundo o baterista da banda, o título do álbum remete para a incredulidade dos tempos que se vivem, ao mesmo tempo que as letras, "sem pretensiosismos líricos", falam do quotidiano e de um sistema "que se vai desmoronando à volta de falsas promessas - dos pequenos ciclos de café até às mais altas instâncias".

"Is that real? [Isto é verdade?] Toda a gente faz esta pergunta, neste tempo de redes digitais absolutamente dominadas por 'fake news' e desinformação. Mas a pergunta também pode remeter para o mais sincero existencialismo", explica Carlos Mendes.

Por agora, face à pandemia da COVID-19, o álbum é apenas lançado nas plataformas digitais, esperando depois remarcar os concertos de lançamento que estavam agendados, assim que tal seja possível.

Os Twist Connection são Samuel Silva, na guitarra, Sérgio Cardoso, no baixo, e Carlos Mendes, na voz e bateria.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.