Tornou-se um fenómeno do dia para a noite e haverá poucos que não tenham ainda ouvido falar dela. Depois da insólita atuação no programa "Você na TV", a vida de Maria Leal mudou drasticamente. A atuação no início de outubro tornou-se viral e pôs nas bocas dos portugueses o seu nome.

Veja no vídeo a entrevista a Maria Leal ao SAPO Mag:

Ela e a atuação onde apresentou o seu tema "Dialetos de Ternura" passaram a ser alvos de ódios e paixões nas redes sociais: "Cheguei lá, com os meus nervos, fiz tudo mal. Fiz um boneco que não é o meu", explica Maria Leal ao SAPO Mag, acrescentando que quando reviu a atuação se riu de si própria. "Foram os nervos, nem sei como é que fiz", frisa.

"O 'boneco' que eu fiz, sem querer, foi aquele que me deu a tal projeção e esta coisa viral que tem vindo a acontecer. Portanto, o mau correu-me bem", diz Maria Leal, revelando que tem a agenda cheia até ao final do ano. "Ao início pensei, 'Meu Deus do céu, que desgraça. Passado dois dias, eu e o meu agente começámos a receber chamadas atrás de chamadas, concertos atrás de concertos... e fiquei alegre. Desta vez vou demonstrar quem é a Maria. E tenho recebido muito apoio, muito carinho de norte a sul", acrescenta.

"Associo este 'entroncamento sem fim' a um grande escritor, António Lobo Antunes"

O tema "Dialetos de Ternura" é o primeiro single de avanço do disco que deverá ser editado no final de dezembro, revela Maria Leal. O segundo original da cantora, "DJ Aumenta o Som" deverá ser partilhado nas próximas semanas.

"Entroncamento sem fim" é uma das frases da letra da canção que mais têm dado que falar. Ao SAPO Mag, a cantora explica que "cada pessoa pode interpretar a música da maneira que bem entender", acrescentando que associa a expressão "a um grande escritor, António Lobo Antunes".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.