Daniel Johnston, artista norte-americano considerado um dos ícones da música indie, morreu esta semana, aos 58 anos. "Morreu de causas naturais na sua casa perto de Houston, no Texas", confirmou a família em comunicado.

Segundo a imprensa norte-americana, o músico morreu de um ataque cardíaco.

"O Daniel era um cantor, um compositor, um artista e um amigo de todos. Apesar de ter lutado contra problemas mentais durante boa parte da sua vida adulta, o Daniel venceu a doença através da sua produção prolífica de arte e canções. Inspirou incontáveis fãs, artistas e compositores com a sua mensagem de que, por mais negro que seja o dia, ‘the sun shines down on me’ e ‘true love will find you in the end’", escreveu a família.

Há dois anos, o artista, que sofria de esquizofrenia e bipolaridade, anunciou a sua última digressão. Nos concertos, Daniel Johnston tocou com alguns dos músicos que o tinham inspirado.

Em 2013, Daniel Johnston subiu ao palco do festival NOS Primavera Sound, no Parque da Cidade do Porto.

"True love will find you in the end" foi o tema mais popular da carreira do músico e inspirou dezenas de artistas em todo o mundo, incluindo Kurt Cobain, que usou uma t-shirt com a capa do álbum "Hi, How Are You", de Johnston.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.