“A família dos ‘Nouvelle Vague’ está devastada por anunciar a morte de Olivier Libaux”, lê-se numa pequena nota.

De acordo com o grupo, que se inspirava no movimento artístico do cinema francês “Nouvelle Vague”, nos anos de 1960, Olivier Libaux (na foro acima, à esquerda) foi “a alma, o pilar e o som da banda”.

“Era um guitarrista brilhante e animado, sempre desejoso de iluminar o palco com a sua alegria e o seu sorriso de criança, estivesse em Saint-Malo ou em São Francisco. A sua paixão pela música inspirou-nos e guiou-nos durante estes anos”, refere a banda.

Fundados por Marc Collin e Olivier Libaux, os Nouvelle Vague editaram o seu álbum de estreia, homónimo, em 2004. No total, o grupo francês editou sete discos.

Em 17 anos, a reputada banda ofereceu versões de músicas, na sua maioria, do movimento anglo-saxónico new wave, passando pela folk e pela bossa nova, explorando também o pós-punk e o gótico, como a synth-pop.

A última vez que os Nouvelle Vague atuaram em Portugal foi em dezembro de 2019, numa digressão para comemorar os 15 anos da formação.

Na ocasião, o grupo francês deu concertos em Lisboa, Porto, Faro, Coimbra, Leiria e Guimarães.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.