Está a caminho uma série baseada num livro sobre Hillary Clinton que tem dado que falar desde que foi lançado em maio e entrou na lista dos bestsellers do New York Times.

A plataforma de streaming Hulu (da Disney) comprou os direitos de adaptação de "Rodham", que aborda de forma provocadora aquela que é uma das mais famosas e controversas figuras políticas dos últimos 30 anos nos EUA.

Em março, foi também a Hulu que exibiu "Hillary", um documentário de quatro episódios à volta da campanha à presidência de 2016 que também abordava acontecimentos do seu passado que marcaram a a sua vida.

O livro parte de uma realidade alternativa onde Hillary Rodham não casou com Bill Clinton e imagina o que teria acontecido na sua vida e aos EUA se tivesse feito uma escolha diferente.

A escritora Curtis Sittenfeld imagina uma jovem ambiciosa que evolui para se tornar uma pensadora extraordinária na última parte do século XX, passando do idealismo ao cinismo e novamente ao ponto de partida, no que é descrito como "uma parábola moderna sobre escolhas, feminismo e as razões para este país ter um relacionamento tão complicado com as mulheres no poder".

Para escrever e ser uma das produtoras executivas de "Rodham" foi contratada Sarah Treem, co-criadora da aclamada série "The Affair" e que esteve ainda ligada a "House of Cards", "In Treatment" e "How to Make It in America".

Confirmado a aposta forte, estará ainda ligado à produção Warren Littlefield, de "The Handmaid’s Tale / A História de Uma Serva".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.