A Netflix anunciou esta terça-feira (21) ter duplicado os seus lucros no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019 devido ao aumento de subscrições no âmbito a quarentena provocada pela pandemia da COVID-19.

A gigante do streaming registou um lucro líquido de 709 milhões de dólares, com um faturamento de 5,8 mil milhões.

O número de subscrições aumentou em 15,7 milhões, situando-se agora em 183 milhões, segundo a empresa sediada na Califórnia.

A Netflix informou, ainda, que não são claros os efeitos a longo prazo nas suas receitas com a enorme perda de postos de trabalho provocada pela crise sanitária.

"Na nossa história de mais de 20 anos, nunca vimos nada mais incerto e inquietante", disseram os executivos da Netflix aos investidores.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.