Se o anúncio do afastamento de Carrie Mathison da C.I.A. deixou muitos fãs da série tristes, Maureen Down está bastante feliz com a decisão. No seu espaço no New York Times, a colunista defendeu que a personagem interpretada por Claire Danes passa uma imagem errada das agentes da vida real.

Para a crónica, Maureen Down conversou com uma veterana da agência, Gina Bennett. A agente da C.I.A. há 25 anos diz que "a série pode deixar uma compreensão muito diferente das mulheres da agência – como nós trabalhamos, como nos relacionamos com os homens, como nos dedicamos à segurança nacional".

A versão online da crónica já conta com mais de 200 comentários. Na conta oficial do Twitter, a C.I.A. partilhou o artigo sem fazer qualquer referência.

Com regresso marcado para setembro de 2015, "Segurança Nacional" irá mudar-se para a Europa, centrando-se o tema nas questões do terrorismo e segurança do Ocidente.

Berlim será o centro da ação da nova temporada em que veremos Carrie Mathison noutras funções. "Ela [Carrie] vai estar a fabricar cerveja", gracejou Claire Danes no festival de televisão PaleyFest.

Esta mudança de espaço é, segundo membros da equipa, uma forma de "reiniciar e redirecionar" o tema central da série. David Nevis, diretor do Showtime, quer retratar fielmente o que se passa na Europa, mas sem "causar problemas a ninguém", disse ao Hollywood Reporter.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.