"Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto", de Dean DeBlois, Bradford Lewis e Bonnie Arnold, "J'ai perdu mon corps", de Jérémy Clapin e Marc du Pontavice, "Klaus", de Sergio Pablos, Jinko Gotoh e Marisa Román, e "Missing Link/Mr. Link", de Chris Butler, Arianne Sutner e Travis Knight, eram os outros candidatos a melhor longa-metragem.

Para melhor curta-metragem os outros candidatos eram “Dcera (Daughter)”, de Daria Kashcheeva, “Kitbull", de Rosana Sullivan e Kathryn Hendrickson, “Memorable”, de Bruno Collet e Jean-François Le Corre, e “Sister”, de Siqi Song.

A produção espanhola “Klaus”, dos realizadores Sergio Pablos e Carlos Martínez López, contava com os portugueses Sérgio Martins e Edgar Martins na equipa.

O filme, disponível na plataforma de ‘streaming’ Netflix desde 15 de novembro do ano passado, foi realizado na íntegra nos SPA Studios, em Madrid, com uma equipa que junta pessoas de mais de 20 países, incluindo dois portugueses: Sérgio Martins, ‘Animation Supervisor’, e Edgar Martins, ‘Story Department Supervisor’.

Sérgio Martins foi já distinguido com o prémio de Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, nos prémios Annie, os 'Óscares' do cinema de animação, atribuídos todos os anos pela Sociedade Internacional de Cinema de Animação.

A 92.ª edição dos prémios da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas, dos Estados Unidos, realiza-se no Dolby Theatre, em Los Angeles, na noite de domingo, na Califórnia, madrugada de segunda-feira em Portugal.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.