A 7.ª edição do Lisb-On, inicialmente marcada para 4, 5 e 6 de setembro deste ano no Parque Eduardo VII, em Lisboa, passa “para os dias 3, 4 e 5 de setembro de 2021”, de acordo com a organização do festival num comunicado hoje divulgado.

O cartaz para este ano incluía, entre outros, Kamaal Williams, Tony Allen (que morreu entretanto, a 30 de abril), Jeff Mills, Body & Soul (Danny Krivit, François K, Joe Claussel), Convextion aka E.R.P., Magazino, Nicolas Lutz, Pedro Ricciardi e Zenner.

“Para que esta edição não fique esquecida, faremos todos os esforços para que o cartaz deste ano se repita em 2021, à exceção do lendário Tony Allen, de quem nos despedimos com incomensurável tristeza”, refere a organização do festival.

Os passes já comprados para os dias 3, 4 e 5 de setembro deste ano “serão válidos, sem que seja necessária qualquer troca”, apelando a organização “a todos para que, podendo, mantenham o seu bilhete”.

Quem decidir manter o passe, que agora custa 65 euros, pode pedir à organização um código promocional, através do email info@lisb-on.pt, que permitirá a compra de um outro passe de três dias, válido para a edição de 2021, "pelo valor do ‘early bird’ de 45 euros".

Aos detentores de passe “que não possam ir à edição de 2021, o Lisb-On assegurará a devolução do valor do bilhete”, devendo os pedidos de reembolso ser feitos para o email info@lisb-on.pt, até ao dia 31 de maio de 2020”, e a devolução do valor do bilhete será feita até ao final do mês de setembro de 2020”.

A organização do Lisb-On lembra que “os cancelamentos de eventos musicais e culturais no mundo e no país têm colocado promotores, artistas, agentes e técnicos numa situação extremamente delicada”, apelando aos frequentadores do festival “que encontrem uma forma de ajudar a sua comunidade e este planeta que é tão precioso e essencial à vida”.

“Doem a quem mais precisa, sejam bons vizinhos, comprem produtos nacionais, voluntariem-se em ações solidárias nas vossas cidades, reduzam o vosso consumo e a vossa pegada ecológica e ajudem se possível a Casa dos Animais de Lisboa, através de doações ou de adoção responsável. Todos merecem um lar”.

A primeira edição do Lisb-On #JardimSonoro, que a organização apresenta como “um festival de música inovador no centro da cidade de Lisboa, dividido em dois momentos: o dia e a noite, tirando partido do melhor que a capital tem para oferecer”, realizou-se em 2014.

Na 6.ª edição, que decorreu entre 6 e 8 de setembro do ano passado, atuaram, entre outros, Róisin Murphy, Carl Craig, Moodymann, Horse Meet Disco e Marcel Dettmann.

O parlamento aprovou na quinta-feira, na generalidade, a proibição, até 30 de setembro, da realização de “festivais e espetáculos de natureza análoga”.

A discussão do projeto de lei da autoria do Governo segue agora na especialidade, na comissão parlamentar de Cultura, onde será também votada, antes da votação final global em plenário, que deverá acontecer na próxima semana.

A proposta define que os “festivais e espetáculos de natureza análoga”, marcados até 30 de setembro, só serão permitidos com lugares marcados e regras de distanciamento. No entanto, não define o que são “festivais e espetáculos de natureza análoga” e essa questão foi levantada na quinta-feira por alguns deputados, puxando a Festa do Avante, agendada para o início de setembro, para a discussão.

O projeto de lei do Governo é aplicável ao reagendamento ou cancelamento de espetáculos não realizados entre os dias 28 de fevereiro de 2020 e 30 de setembro de 2020, e quem comprou bilhete para eventos dentro daquele período, só poderá pedir o reembolso a partir de 1 de janeiro de 2022.

Até lá, estabelece a proposta de lei, pode pedir a troca do bilhete por um vale “de igual valor ao preço pago”, válido até 31 de dezembro de 2021, e esse vale pode ser utilizado na “aquisição de bilhetes de ingresso para o mesmo espetáculo a realizar em nova data ou para outros eventos realizados pelo mesmo promotor”.

“Caso o vale não seja utilizado até ao dia 31 de dezembro de 2021, o portador tem direito ao reembolso do valor do mesmo, a solicitar no prazo de 14 dias úteis”, lê-se no documento.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.