O festival, que cumpre a 13.ª edição, de 22 a 26 de outubro em Lisboa, e convidou os dois músicos "para a criação de um espectáculo original", reinterpretando "em conjunto" aquele álbum, de 1976, de Mort Garson.

O convite é feito numa altura em que a "obra-prima" composta especialmente para plantas, criada pelo pioneiro da música eletrónica e da utilização dos sintetizadores Moog, é reeditada pela editora Sacred Bones Records.

Segundo a organização, Bruno Pernadas e Luís Clara Gomes, músico e produtor conhecido como Moullinex, "abrem as portas do mundo fantástico deste álbum para explorar o seu vasto universo melódico", acompanhados em palco por Diogo Sousa (bateria), Diogo Duque (trompetista) e Guilherme Salgueiro (teclados).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.